Cefalù: praia, belezas e cultura na Sicília

A Sicília é para mim uma das regiões mais mágicas da Itália. E olha que de lugares mágicos a terra da pizza está cheia. Mas, algo paira no ar dessa ilha, que é a maior do Mediterrâneo e fica localizada no sul do país. Talvez por conta do seu passado, com um incrível mix de culturas que ainda pode ser visto por onde se passa. A Sicília já esteve sob o domínio dos gregos, romanos, do Império Bizantino e dos árabes. Tudo isso se reflete na sua arquitetura e no jeito do seu povo.

img_4688

Entre as muitas cidades das costas oeste e leste que são tesouros históricos de beleza e cultura, está Cefalù. A cidade fica localizada na parte oeste, a  70km de Palermo. Com apenas 14 mil habitantes, no verão recebe turistas de toda a Europa. Os habitantes de Palermo gostam de chamá-la de a “Capri” da Sicília. Guardadas as devidas proporções, Cefalù é realmente um balneário charmosíssimo,  mas bem mais despretensioso que a ilha vizinha à Nápoles. E a grande graça é essa: lindos visuais, comida boa, praias charmosas e sem frescura.

img_4642
Praia plana e mar piscina

Se você for de trem ou de carro, basta atravessar a parte central da cidade até chegar na praia. Em dez minutos de caminhada você vai se deparar com o visual de montanhas e mar emoldurando o céu e as casinhas típicas sicilianas. De areia e com um mar tranquilo, a praia é perfeita para se esbaldar no sol.

O “lungomare”, como dizem os italianos para denominar a avenida que circunda a praia, também é dos mais agradáveis. Com vários restaurantes, hotéis e lojas. Minha dica para uma refeição durante o seu dia de praia é o restaurante Al Porticciolo. Tem uma bela vista do mar de Cefalù e frutos do mar de primeira. Aliás, no geral, na Sicília come-se bem e gasta-se pouco.

img_4679
Linda vista do calçadão a beira-mar

Indo em direção ao lado direito da praia você chega no centro histórico. Vielas cheias de lojinhas de souvenir, roupas, jóias e objetos de design ao lado de salumerias e gelaterias. Dê um bom giro e curta essa aura tipicamente siciliana.

Em meio ao centro histórico e próximo do praia, fica a Porta Marina, um antigo arco em estilo gótico com vista para o mar. Uma das quatro portas que davam acesso ao vilarejo no passado e a única ainda existente.

img_4685
Visual incrível através da Porta Marina

Subindo em direção ao norte do centro você chega na praça da igreja, um dos principais pontos da cidade. Nessa hora, você percebe claramente a influência das arábias. A arquitetura da igreja, que foi construída entre 1131 e 1240,  é belíssima e bem diferente das outras igrejas tradicionais da Itália.

img_4704
A Igreja de Cefalù, com ares de Alladin

Para quem tiver fôlego e quiser queimar os sorvetes da viagem, a pedida é subir até o Templo de Diana, localizado no topo de uma montanha. As ruínas do templo datam do século IX a.C. O visual ao longo da caminhada vale o sacrifício.

Quanto ficar
Para curtir bem o vilarejo indico passar pelo menos uma noite por  lá. Mas, se você não tiver muito tempo, dá para fazer um bate e volta de um dia de Palermo.

Como Chegar
Saindo de Palermo de carro você deve pegar a auto-estrada A20 com direção à Messina. A estrada tem boas condições e poucos  pedágios e você ainda tem a vantagem de parar no caminho para fazer fotos. Você também pode ir de trem, saindo da estação central de Palermo até Cefalù. Os bilhetes custam cerca de 5 euros e a viagem tem duração de uma hora.

Confira mais fotos no álbum e outras dicas da ITÁLIA aqui.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s